close

Inteligência sistêmica: como esse conceito pode fazer diferença no ambiente corporativo?

A repetição de padrões, mesmo que de forma inconsciente, prejudica o desenvolvimento do profissional, comprometendo, também, o desempenho das empresas

inteligencia sistemica © - Shutterstock
por Redação 2 de agosto, 2023
  • Liderança Mais informações
    Liderança
  • Impacto positivo e legados sustentáveis Mais informações
    Impacto positivo e legados sustentáveis

Todas as pessoas vivem em relacionamento, o tempo todo. E todas as experiências vivenciadas influenciam os seus comportamentos, positiva ou negativamente. Isso vale tanto para a vida pessoal quanto para experiências profissionais. 

Pessoas que já passaram por várias experiências negativas no trabalho, não conseguiram negociar uma promoção ou um novo contrato, enfrentaram problemas com gestores ou colegas, e podem estar repetindo o mesmo comportamento, de forma inconsciente. Junto a isso, as relações familiares também impactam a vida profissional. 

“A maneira como um indivíduo se relaciona com sua mãe pode se reproduzir, por exemplo, na sua relação com chefes mulheres. Da mesma forma, o relacionamento com o pai (ou com a ausência dele) pode se projetar no relacionamento com líderes homens. Os relacionamentos com irmãos ou amigos também influenciam a vivência com os colegas de trabalho”, disse a jornalista e especialista em constelações familiares, Daniela Migliari. Segundo ela, isso acontece de maneira inconsciente, trazendo dificuldades com a hierarquia ou a necessidade constante, por parte do profissional, de buscar a aprovação de seus líderes.

Esses comportamentos, que acontecem de forma inconsciente, tendem a ser repetidos em várias situações da vida e, frequentemente, comprometem o desempenho profissional e o desenvolvimento da carreira. Daniela cita, por exemplo, casos de pessoas que não se sentem “merecedoras” de determinadas coisas, como uma promoção, a oportunidade de aprimorar a formação ou de assumir cargos melhor remunerados, justamente porque a família de origem sofreu privações no passado, e isso se transforma em uma dinâmica oculta na vida do indivíduo. 

No entanto, o olhar da inteligência sistêmica pode ir além, e transformar também o desempenho de empresas. 

desempenho das empresas
Foto: Freepik

Décio de Oliveira, especialista em Inteligência Sistêmica e fundador do IDESV (Instituto Desenvolvimento Sistêmico para a Vida), destaca que organizações que permanecem atreladas a erros frequentes, já repetidos inúmeras vezes, perdem a chance de melhorar a produtividade. “Isso resulta em oportunidades limitadas e baixo potencial de crescimento”, afirmou. 

Na visão das professoras da Fundação Dom Cabral, Lívia Barakat e Ana Burcharth, a inteligência sistêmica traz implicações para a carreira e para a gestão de organizações. “Por isso, ela nos convida a compreender comportamentos para além do indivíduo, enxergando-o sob a ótica ampliada das relações das quais faz parte”, afirmam.

No Brasil, a inteligência sistêmica também é conhecida como Constelação Familiar ou Constelação Empresarial. Essa abordagem do comportamento humano é baseada nas observações do alemão Bert Hellinger, e o tema já foi publicado em mais de uma centena de livros, além de ser alvo de inúmeras palestras.




Os assuntos mais relevantes diretamente no seu e-mail

Inscreva-se na nossa newsletter