close

Black Friday poderá surfar na onda de melhoria do segundo semestre

Pesquisa indica que 62% apostam em melhoria do segundo semestre e 50% indicam que vão comprar na Black Friday

black friday © - Shutterstock
por Redação 25 de outubro, 2022
  • Estratégia e governança Mais informações
    Estratégia e governança

A vida financeira dos brasileiros piorou entre 2021 e começo de 2022, segundo a pesquisa do Grupo Globo. Apenas 19% dos entrevistados avaliaram uma melhora no período, mas o cenário pode mudar de figura no segundo semestre, pois 6 em cada 10 entrevistados pelo levantamento aposta nesse sentido. E a Black Friday, que acontece na última sexta-feira de novembro, pode ser um dos eventos beneficiados caso a expectativa se confirme. 

É interessante entender as tendências de cortes de gastos no ano passado e começo deste para avaliar o que se espera do segundo semestre de 2022. O lazer, por exemplo, puxou a redução de gastos, ao lado da moda, delivery e infraestrutura do lar. Por outro lado, algumas categorias mais essenciais não tiveram muita alteração no consumo, a começar pelos itens de primeira necessidade.

Além deles, a lista inclui vários serviços que reforçam a tendência das pessoas em ficar em suas casas, como internet, streaming, tv e tecnologia. As compras estáveis também incluem produtos e serviços de saúde e educação. 

Itens que podem se destacar na Black Friday

© – Shutterstock

Com a retomada de consumo no segundo semestre, a expectativa é positiva para os gastos em roupas e calçados, indicado por 34% dos entrevistados. A compra de alimentos e bebidas está em segundo (32%), seguido de produtos e serviços de educação (26%) e autocuidado (25%). Os investimentos em restaurantes e teatros, além das compras de higiene pessoal e doméstica, também aparecem no radar, todos eles apontados por 23%.

Especificamente em relação à Black Friday, metade dos entrevistados indica que vai comprar algo no evento (contra 47% em 2021). Na classe A esse índice sobe para 65%. Outro dado importante é que 80% dos consumidores da Black Friday de 2021 declaram ficar satisfeitos ou muito satisfeitos com suas compras.  

Para finalizar, a Copa do Mundo deve turbinar o período, ajudando na retomada. E, esperamos, com a vitória do Brasil.




Os assuntos mais relevantes diretamente no seu e-mail

Inscreva-se na nossa newsletter